Home CONTACTOS EORNA LINKS LOJA

Pesquisa

Newsletter

introduza o seu email e subscreva a nossa newsletter

Discurso de Abertura

FOCOS: Controlo da infeção; Capacitação em situação de Catástrofe; Segurança perioperatória do medicamento; Inclusão do cidadão nos cuidados perioperatórios; Documentação de cuidados e Especialidade em Enfermagem Perioperatória.

 

Os Enfermeiros Perioperatórios vão reunir-se, de novo, no XVIII Congresso da AESOP em Lisboa.

 

“HOT POINTS NO BLOCO OPERATÓRIO”

 

Exmos. Senhores:

 

Prof.ª Doutora Anabela Coelho, em representação do Senhor Ministro da Saúde,

Enf.ª Angelina Francisco, em representação da Sra. Bastonária da Ordem Enfermeiros,

Mark Mekelburg , fundador da Operação da Operação Nariz Vermelho

 

Caros dirigentes de Associações de enfermagem e de outros profissionais aqui representada pela Operação Nariz Vermelho, que acompanha, na sua intervenção quotidiana, a pessoa mais vulnerável e desprotegida alvo dos nossos cuidados, a criança em contexto perioperatório.

 

Caros colegas de associações congéneres europeias, de enfermagem, de profissionais de saúde e de dispositivos médicos, que vivenciam a profissão com o mesmo respeito e compromisso.

Aos dirigentes das organizações de saúde que reconhecem o valor dos Enfermeiros Perioperatórios em contexto de trabalho e necessária formação interna e externa.

Aos profissionais da academia que connosco promovem e acreditam no reconhecimento de competências especificas e no desenvolvimento da investigação, indispensáveis à qualidade dos cuidados perioperatórios prestados ao cidadão.

E não podemos deixar de referir à industria que apoiou neste evento bolsas formativas de forma inovadora e transparente. A todos estamos gratos e comprometidos.

 

Este encontro é sempre um marco, científico, é certo, mas também humano e de regressos: a casa, aos colegas de outras experiencias profissionais ou do ensino, aos companheiros de trabalho, aos projetos, aos desafios e amizades. A todos desejamos que se sintam acolhidos, animados no encontro, na discussão, na confirmação do que sabemos ser importante e na descoberta do que ainda desconhecemos.

Este tempo é para crescer e arriscar.

Foi o que decidimos fazer este ano.

 

O único aspeto que não arriscamos foi optar pela cidade de Lisboa, capital que acolhe, estes dias, os enfermeiros perioperatórios portugueses. Tudo o mais foi assumido como risco, numa estratégia de redução de desperdício, para debatermos temas quentes que emergem e persistem no contexto perioperatório e social.

 

Assim, considerando a nossa missão na profissão e junto dos cidadãos, identificámos:

a Prevenção da Infeção do Local Cirúrgico, analisando o impacto de programas nacionais como o Stop Infeção e da implementação dos feixes de intervenção na prevenção da ILC, da prática recomendada da AESOP sobre a prevenção e controlo da hipotermia perioperatória e das novas recomendações globais da OMS para a prevenção da ILC.

 

Conheceremos a promoção do percurso integrado e seguro do doente cirúrgico com o apoio da metodologia Lean;

 

Iremos debater a inclusão dos pais em ambiente perioperatório, desde o nascimento à adolescência, com a perspetiva dos cidadãos, dos médicos, dos enfermeiros e da Bioética (…)

 

Vamos identificar a capacitação e preparação para intervir em situações de catástrofe, através de diferentes experiências desta realidade externas e internas.

 

Abordar a segurança perioperatória no circuito do medicamento, com coragem e frontalidade em reconhecer a realidade, o ponto de vista ético e deontológico, do médico e do enfermeiro e a cooperação entre organizações profissionais.

 

Também contamos desvendar como se irá desenvolver a documentação dos cuidados de Enfermagem Perioperatória e, por fim, o que podemos esperar da Especialidade em Enfermagem Perioperatória neste país.

 

Propomos, neste encontro, atividades para o desenvolvimento de competências como:

  • - Simpósios, workshops da AESOP, de organizações profissionais e da Indústria.
  • - Partilha do trabalho científico, projetos e experiências inovadoras, através de Comunicações livres e Pósteres (digitais).
  • - Divulgação do desenvolvimento da Enfermagem Perioperatória, com influencia na prática diária, nos resultados em saúde e nos contextos perioperatórios! 

Os sócios são chamados a participar na Assembleia-geral e eleições dos órgãos sociais da AESOP!

 

Reservámos algumas surpresas e inovação neste congresso:

  • Responsabilidade pelo impacto no ambiente comum, o que nos leva a um modelo de congresso que reduza a pegada ecológica dos Enfermeiros Perioperatórios, quando reunidos. Usem a APP e não o papel! Menos desperdício, menos gastos, menos papel, menos resíduos para conseguirmos mais conhecimento, mais partilha, mais resultados e mais cidadania;
  • Reconhecimento de outros sectores da sociedade com os mesmos valores e princípios que enformam as competências específicas do Enfermeiro Perioperatório – Disciplina, Respeito, Autoestima, Honestidade, Comunicação e Convicção.
  • Testemunho como levamos os nossos focos de atenção para a sociedade, integrando a voz do cidadão nos cuidados, a inclusão e o respeito das diferenças, nas intervenções de que somos responsáveis. 

Fica o desafio, juntos somos mais e melhores, venha ver como!

Voltar Imprimir O seu email n�o � valido
2011 © AESOP - Todos os direitos reservados  |  Powered by Leading
Última actualização em 2018-04-18